Federação Portuguesa de Hóquei

CÂMARA DE LOUSADA ABRE CONCURSO PARA UM PISO NOVO NO ESTÁDIO DO HÓQUEI

A Câmara Municipal de Lousada acaba de marcar mais uma vez, pela positiva, a diferença no que se refere ao apoio que as autarquias concedem ao desporto e à sensibilidade com as forças vivas do concelho que, dia a dia, sacrifício após sacrifício, mantêm a juventude lousadense focada em valores. Casa fecunda de dois clubes de hóquei, residência final de muitos títulos no hóquei, em todos os escalões, espaço ímpar para a prática desportiva global, Lousada é única no apoio ao hóquei olímpico, consubstanciado no seu estádio municipal exclusivo desta modalidade, estrutura modelar e ímpar em Portugal.

O desgaste natural do piso sintético, ao fim de 15 anos, fruto de toda a atividade desportiva a ele associada, quer pelos clubes locais em treinos e competições quer pela Federação Portuguesa de Hóquei que privilegia o estádio e a sua residência para atletas em estágios e realizações internacionais, no hóquei de alta competição e no ParaHóquei, remeteu a Autarquia para a necessidade de implantar um novo piso, deliberação que se saúda, sobretudo porque nesta casa temos consciência do que este investimento do Município representa em audácia, face aos custos, numa altura em que a Câmara continua a implantar outros pisos e outras estruturas para benefício das restantes comunidades desportivas locais, em outras disciplinas.

Parceiros de há muito, congratulamo-nos com mais este passo no sentido da excelência, que tem sido apanágio deste Executivo Municipal. Para além de revelador da atenção com que a Autarquia lida com os problemas dos munícipes que escolhem o desporto como uma escola de valores elevados e marcadores de várias gerações que pintam a oiro a história desportiva do Vale do Sousa, este gesto revela muita coragem cívica e política. E, se ficar pronto a tempo da Liga Mundial (Hockey Series Open), que é um desejo transversal de todos os que adotam o hóquei como modalidade sua, Lousada terá dado um passo importante na visibilidade internacional como destino soberano para o turismo desportivo do hóquei de alto rendimento, prestando assim um enorme serviço a todos os que no País querem e anseiam aprender com os melhores, exatamente aqueles que, no inverno, escolhem o sul da Europa para manterem ativa a prática do hóquei, impossível nos seus países de origem.

Para já, damos as boas-vindas ao Anúncio de procedimento n.º 4039/2018, publicado no Diário da República - II Série, n.º 106, de 4 de junho de 2018, com a abertura do concurso público. Ficaremos todos ansiosos e com muita fé nos passos seguintes.

Até lá, um agradecimento efusivo àqueles que no Município - do Presidente, passando pelo Vereador do Desporto, Executivo, Técnicos e a todo o pessoal com intervenção no processo - deram corpo a este anseio do hóquei e lançaram as bases para a sua concretização.

YOUTUBE

youtube fph banner