Federação Portuguesa de Hóquei

Bernardo Fernandes é o novo Selecionador Nacional!

A Federação Portuguesa de Hóquei (FPH) tem o prazer de anunciar o novo Selecionador Nacional, Bernardo Fernandes! Após decisão mútua entre Hugo Gonçalves, agora ex-selecionador, e a FPH, Bernardo Fernandes passa a ocupar o cargo de Selecionador Nacional, depois de já estar integrado na equipa técnica, na condição de treinador.

Bernardo, treinador e formador internacional, e uma cara conhecida da comunidade hoquista, já deu inícios aos preparativos e assumiu o comando da Seleção Nacional, que irá ter o seu primeiro teste já em Setembro, no Hockey Series Open Lousada 2018, e já assinou a sua 1ª convocatória (lista de convocados no final da notícia)! 

Após a nomeação para Selecionador Nacional, estivemos à conversa com Bernardo Fernandes na tentativa de percebermos quais os planos que tem para a nossa Seleção Nacional e, como não poderia deixar de ser, quais os objetivos que irá definir para a equipa para a participação no Hockey Series Open Lousada 2018.







FPH: Quais são, para si, as maiores prioridades da nossa Seleção Nacional?

Bernardo Fernandes (BF): "As maiores prioridades para a nossa Seleção são por um lado, uma mudança de forma a planificar e trabalhar a médio/longo prazo, simultaneamente uma maior aproximação não só á cultura de treino mas também do estilo de vida do hóquei internacional. Este último ponto passa por um investimento numa metodologia de trabalho que envolva e partilhe muito mais informação com os clubes e treinadores mas também com um plano de treino anual mais alargado. 
Numa modalidade como a nossa a seleção nacional não faz sentido se não tiver um impacto direto na melhoria da competição doméstica, por outras palavras, se tivermos um grupo alargado de jogadores de diversos clubes, com melhor nível de treino técnico e físico, de forma mais permanente durante a temporada doméstica, é natural que isso tenha uma influencia muito positiva nos seus clubes e, obviamente, na competição. 
 
Relativamente á HSO, que é a próxima competição na qual a seleção vai participar, olhamos para este evento e reconhecemos alguns obstáculos a nível de tempo de preparação, indisponibilidade de alguns atletas importantes e também pelo facto de (felizmente) termos bastantes atletas selecionáveis com compromissos com clubes estrangeiros, o que acaba sempre por afectar a preparação desta competição. Ainda assim preferimos encarar estes 'obstáculos' como desafios e oportunidades para todos. Digamos que este pode ser o nível 0 de uma nova forma de trabalharmos a nível de seleções. 
Sinto que da parte do staff e dos jogadores estão conscientes que esta vai ser uma competição difícil de apresentar os melhores resultados a nível desportivo, pois vamos ter adversários de n
ível alto como o caso da Escócia e Russia, mas sinto também que toda a gente está entusiasmada e com vontade de fazer o melhor possível, olhando para este evento como não só um recomeço na forma de trabalhar e viver a seleção, como também um momento de preparação quer para o Europeu de Sub21 de sala e campo, quer para o Europeu Sénior de campo a realizarem em 2019, onde, com a devida preparação, vamos ambicionar competir com as nossas equipas ao mais alto nível."
 
FPH: Como vê o facto de Portugal organizar a primeira edição de um evento como o HSO Lousada 2018?

BF: "Entre outras coisas boas que o Hóquei Português tem, uma será sem dúvida a capacidade de organização e de hospitalidade de eventos internacionais de hóquei, sempre de altíssimo nível, e reconhecidas quer pela Federação Europeia, quer pela Federação Internacional. Diversos árbitros e oficiais estrangeiros, sempre que reconhecem que sou Português, contam-me que adoraram a presença em competições realizadas em Portugal. Sendo esta uma competição FIH espero um certo nível de organização ligeiramente mais 'séria' e imponente que pela EHF. É importante solidificarmos a nossa posição como pais organizador deste tipo de eventos, mas é também importante podermos trazer um hóquei diferente e de maior nível a Portugal, vamos ter uma equipa responsável, renovada e com um mistura de jogadores que entram numa fase de experiência de performance a nível internacional com jovens talentos que vão começar a integrar as seleções, portanto estou seguro que toda a gente se vai sentir orgulhosa e vão poder disfrutar de uma grande competição, quer da parte da nossa seleção, quer da parte de outras seleções como a Russia ou a Escócia. Era bom ver um grande afluencia do publico a apoiar a equipa e trazer uma força extra aos jogadores porque será sempre uma experiência importante para eles, especialmente para os mais jovens!"

Esta é a 2ª Convocatória da Seleção Nacional que irá representar o nosso país no Hockey Series Open Lousada 2018!
 
Nome Completo Clube
Afonso Eduardo B. de M. Azevedo Caramalho Juventude HC
André Maio Romariz (GK) Juventude HC
André Miguel Raposo Teixeira Casa Pia AC
Axel Eurico Algoet Ribeiro (GK) Royal Wellington THC
Bartolomeu Portugal Royal Uccle THC
Carlos Aprígio Teixeira Magalhães AD Lousada
Francisco Valente Royal Uccle THC
Guilherme Lopes (GK) CF Benfica
Hélder Filipe Pestana da Silva Gonçalves AD Lousada
João Pedro da Silva Basílio Juventude HC
João Pedro Oliveira Ferreira GD Viso
João Pedro Oliveira Valinhas AD Lousada
Johannes Michiel Kodde HC Zwolle
John Edward Victor Harrison Lisbon Casuals HC
José Pedro Serôdio dos Santos AD Lousada
Miguel Ralha Rodrigues Casa Pia AC
Nicolas Christopher Wenzel(*) Casa Pia AC
Philipp Jonas Wenzel(*) Hamburger Polo Club
Ricardo Oto Pacheco de Sousa Teixeira AD Lousada
Rúben André da Silva Teixeira AD Lousada
Tiago Emanuel Araújo Marques GD Viso
Tiago de Sousa Ventosa Casa Pia AC
Vasco Fernando da Silva Ribeiro Juventude HC
Vicente Gonçalves Cruz de Osório Mourão Lisbon Casuals HC

O conjunto final será decidido e anunciado durante o mês de Agosto e irá fechar o grupo de atletas que irá vestir a camisola de Portugal, em Setembro, em Lousada.

A Federação Portuguesa de Hóquei deixa os seus votos de maior sucesso a todos elementos da Seleção, com especial foco no novo Selecionador, para este primeiro desafio internacional.

Saudações hoquistas!

YOUTUBE

youtube fph banner